Carta pastoral de D. Mauro Lepori para o tempo de pandemia (II)

Esta carta pastoral, a princípio endereçada às comunidades monásticas, se dirige igualmente ao círculo mais amplo de vocacionados e amigos da vida contemplativa. Pois, no fundo, ela re-propõe o retorno a Deus pela porta que a Providência nos abre no momento presente. Dentro da proposta da Carta, quais seriam, ao seu ver, os pontos mais … Continue lendo Carta pastoral de D. Mauro Lepori para o tempo de pandemia (II)

Carta pastoral de D. Mauro Lepori para o tempo de pandemia (I)

Nota preliminar do Caminho Cisterciense Caros irmãos e irmãs, Já estamos adentrando o sexto mês de reclusão social imposta pela pandemia, e vemos alguns ânimos se tornarem aflitos. Uns, pelo desânimo e tristeza; outros, pela indignação, ou pela angústia. Ou ainda pior, há quem fale sobre o “novo normal”, ao qual devemos simplesmente nos conformar... … Continue lendo Carta pastoral de D. Mauro Lepori para o tempo de pandemia (I)

Sermão de Elredo de Rievaulx para a festa dos Apóstolos Pedro e Paulo

«Foi o Senhor quem tornouinabaláveis estas colunas» Sermão 16 para a Festa dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo Todos os apóstolos são «pilares da terra» (cf. Sl 74,4), mas o são, em primeiro lugar, os dois cuja festa celebramos hoje. São eles as colunas que, com sua doutrina, oração e seu exemplo de perseverança na … Continue lendo Sermão de Elredo de Rievaulx para a festa dos Apóstolos Pedro e Paulo

S. Rafael Barón: “Para estar a sós com Deus”

« Um dos encantos da vida monástica é estar oculto aos olhares do mundo. Isto o compreenderá quem gostar de meditar a vida de Cristo. Para dedicar-se a uma arte, para aprofundar-se em uma ciência, o espírito necessita solidão e isolamento, necessita recolhimento e silêncio. Contudo, para a alma enamorada de Deus, para a alma que … Continue lendo S. Rafael Barón: “Para estar a sós com Deus”

Beata Maria Gabriela Sagheddu: “Deus quis fazer de mim objeto de sua divina Misericórdia”

No dia 22 de abril a Família Cisterciense celebra a memória da Bem-aventurada Maria Gabriela Sagheddu (1914-1939), monja trapista do mosteiro de Vittorchiano (Itália). Suas cartas, especialmente as escritas para a sua mãe (como a que reproduzimos abaixo), são expressão de um coração cheio de ternura e gratidão por Aquele que a chamou para a … Continue lendo Beata Maria Gabriela Sagheddu: “Deus quis fazer de mim objeto de sua divina Misericórdia”

Nesta Páscoa, sejamos um sacramento de Deus uns para os outros

A Páscoa do túmulo vazio: privados da participação nas grandes celebrações litúrgicas, Deus nos chama a sermos, nós mesmos, Sacramentos Vivos uns para os outros. A Ressurreição de Jesus Cristo é o mistério fundamental de nossa fé. Esperaríamos encontrar, na missa deste Domingo da Ressurreição, uma leitura manifestando o Cristo vitorioso e glorificado. Mas o … Continue lendo Nesta Páscoa, sejamos um sacramento de Deus uns para os outros

“Eu vim a este mundo para que os que não veem passem a ver” (1/2)

Quarto Domingo da Quaresma: Jesus cura o cego de nascença (Jo 9) "Vai lavar-te na piscina de Siloé – que quer dizer Enviado. O cego foi, lavou-se, e voltou enxergando" (Jo 9, 7) Uma nova criação No evangelho do domingo passado, Jesus prometeu à Samaritana o “dom da água viva”; neste evangelho do “cego de … Continue lendo “Eu vim a este mundo para que os que não veem passem a ver” (1/2)