De uma antiga homilia no grande Sábado Santo

A descida do Senhor ao reino dos mortos

Um grande silêncio reina hoje sobre a terra; um grande silêncio e uma grande solidão. Um grande silêncio, porque o Rei dorme; a terra estremeceu e ficou silenciosa, porque Deus adormeceu segundo a carne e despertou os que dormiam há séculos. Deus morreu segundo a carne e acordou a região dos mortos.

Vai antes de tudo à procura de Adão, nosso primeiro pai, a ovelha perdida. Quer visitar os que jazem nas trevas e nas sombras da morte. Vai libertar Adão do cativeiro da morte, Ele que é ao mesmo tempo seu Deus e seu Filho. Entrou o Salvador onde eles estavam, levando em suas mãos a cruz vitoriosa. Quando Adão, nosso primeiro pai, o viu, batendo no peito, cheio de admiração, exclamou para todos os demais: “O meu Senhor esteja com todos». E Cristo respondeu a Adão: «E com o teu espírito”. E tomando-o pela mão, levantou-o dizendo: “Desperta, tu que dormes; levanta-te de entre os mortos e Cristo te iluminará”.


“Desperta, tu que dormes, porque Eu não te criei para permanecerdes na morada dos mortos “

“Eu sou o teu Deus que por ti me fiz teu filho, por ti e, por estes que nasceram de ti; agora digo e com todo o meu poder ordeno àqueles que estão na prisão: ‘Saí’; e aos que jazem nas trevas: ‘Vinde para a luz’; e aos que dormem: ‘Despertai’ ”.

“Eu te ordeno: Desperta, tu que dormes, porque Eu não te criei para permanecerdes na morada dos mortos. Levanta-te de entre os mortos; Eu sou a vida dos mortos. Levanta-te, obra das minhas mãos; levanta-te, minha imagem e semelhança. Levanta-te, saiamos daqui; tu em mim e Eu em ti, somos um só.

Vinde. Está preparado o trono dos querubins, estão a postos os mensageiros, construído o leito nupcial, preparado o banquete, as mansões e os tabernáculos eternos adornados. Estão abertos os tesouros de todos os bens, e o Reino dos Céus preparado para ti desde toda a Eternidade”.

Fonte: Liturgia das Horas


“Cristo, novo Adão, que descestes ao reino dos mortos para libertar os justos que, desde a origem do mundo, estavam encarcerados, compadecei-vos dos que estão mortos no túmulo dos seus pecados para que escutem a vossa voz e retornem à Vida”.

De uma antiga prece do Sábado Santo

6 comentários sobre “De uma antiga homilia no grande Sábado Santo

  1. Suplicamos também a Jesus que desperte nossos irmãos e irmãs que se encontram adormecidos nos vícios do álcool das drogas, da prostituição e de toda forma de egoísmo, e assim despertos possam contemplar com terna alegria a verdadeira Vida que vem do Senhor.
    Vinde Senhor Jesus!

    Um fraterno abraço a todos os monges cistercienses.

    Fábio de Sousa

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s